Psicopatia Reversa

De todas as formas de se ter medo, essa e totalmente diferente.

Calafrio

Enquanto eu caminhava, caia em um profundo silencio, repousava em minha mente uma pequena e doce voz agora me dizia para ficar, sentei-me em um banco de praça e fiquei a esperar, o profundo silencio que se estendia, arrepiava-me de uma forma estranha, os calafrios subiam e agora eu apenas podia ouvir de minha mente, uma conversa estranha, minha mente dizia que morrer não era uma opção, nada poderia me salvar, o conhecimento que me detém de uma certa forma agora me conforta, enquanto a morte se aproximava em sua velocidade altamente vagarosa, eu poderia fugir, atrasar em minutos ou dias a minha morte… Eu não estava sentado em um banco de praça, eu não estava esperando a morte, talvez ela já tenha chegado pra mim, talvez ela simplesmente tenha me tirado um lado da minha alma que não valia a pena.

Agora mentir, destruir, fazer tudo sem remorsos me torna humano, e talvez não o monstro que vive em sociedade.

Vamos tirar uma foto em familia?! NÃO, PERA!

Vamos tirar uma foto em familia?! NÃO, PERA!